O PLANETA HERCÓLUBUS E O FIM DO MUNDO
O PLANETA HERCÓLUBUS E O FIM DO MUNDO

O PLANETA HERCÓLUBUS E O FIM DO MUNDO


Faça parte do nosso curso gratuito pela internet na TV WEBSAW e descubra mais sobre o tema! Acesse nossa programação - Clique aqui.


 

     "Se o cataclismo que é aguardado demorasse muito os seres humanos destruir-se-ão entre si de forma horripilante. Indiscutivelmente, à medida que o tempo passa, o Ego complica-se cada vez mais e mais. O Ego, complicado, torna-se terrivelmente maligno. A humanidade terrestre já fracassou espantosamente e tornar-se-á cada vez mais e mais perversa. Dentro de pouco tempo, viver normalmente na Terra será algo mais do que impossível. Dentro em pouco, será tão grande a malignidade, que os seres humanos terão na sua mente dois pensamentos: primeiro matar e segundo, ser morto. Brevemente, à velocidade a que vamos, em todas as casas reinará a morte, o assassinato, o vício, a perversidade, multiplicadas ao máximo. A grande catástrofe que se aguarda converteu-se numa necessidade inadiável. Somente a grande catástrofe poderá salvar-nos dos pavores mais horripilantes que o Ego desencadeará sobre a face da Terra" - Samael Aun Weor.


   O planeta Hercólubus é um planeta gigante, aproximadamente 720 vezes maior que o planeta Terra. Ele vem do sistema sola de Tylo, aproximando cada vez mais do nosso sistema solar ORS. Sobre Hercólubus e o fim do mundo os V.Ms. Rabolú e Samael nos deixam vastas informações em suas conferências, vídeos e livros. 

    Coube o destino outorgar ao V.M. Rabolú as prerrogativas de fechar as portas e apagar as luzes do Movimento Gnóstico das Ordens Antiga e Nova, sucessivamente, que estavam legalmente estabelecidas e, ao mesmo tempo, abrir as portas e acender as luzes de um novo movimento do conhecimento gnóstico através de uma Ordem Livre, numa nova perspectiva gnóstica. Pois o seu livro Hercólubus está movimentando a gnose no mundo todo, de modo livre, levando seus ensinamentos a milhões de pessoas sobre o planeta Hercólubus e demais eventos apocalípticos. Este novo movimento do conhecimento gnóstico, iniciado a partir do livro Hercólubus, nós o denominamos de Movimento Gnóstico na Ordem Livre (MOVIGOL). 

     O tempo está chegando e as profecias já se vão cumprindo, ao pé da letra. Hercólubus segue se aproximando de nós cada vez mais. Já está sendo visto por todos os povos da Terra. Que saibam todos aqueles que se iludem com os cientistas convencionais, astrônomos do mundo materialista, que os verdadeiros Mestres e profetas são implacáveis em seus prognósticos, em suas afirmações proféticas. Nesta perspectiva apocalíptica tem havido paradoxo entre os cientistas convencionais e os Mestres Proféticos. Os primeiros lutam por ocultar os acontecimentos e os segundos, por revelá-los. Uma vez que a maioria dos cientistas são agnósticos, não acreditam em Deus e os Mestres Profetas são mensageiros de Deus. A ciência convencional material dos homens somente se preocupa com as coisas ilusórias da vida material. A gnosis, a Eterna Ciência dos Sábios, por meio de seus Mestres, se preocupa com o desenvolvimento espiritual das almas, em cada existência humana das Raças-raiz. Já estamos em alerta máximo, já é hora de deixarmos de dar ouvidos aos equivocados cientistas materialistas enganadores, para cuidarmos da parte espiritual, nestes 28 anos que nos restam. A maioria da humanidade vai ser engolida pelos fenômenos apocalípticos. A maioria dos seres humanos se perderá pela a perversão do mundo. 

     Já estamos em 2015, muitas destas catástrofes já aconteceram e estão acontecendo em determinados lugares do globo terrestre e que já produziram e estão produzindo destruições. Devemos recordar que já tivemos Terremotos, Furacões, Tsunami, etc. E eles vão se produzindo com mais frequência e maior intensidade, à medida que o tempo vai passando, tendendo a ser cada vez mais frequentes as destruições e mortes das populações e decomposição do planeta Terra. De 1999 para cá o CALOR de nosso planeta aumentou consideravelmente, devido à aproximação de Hercólubus, o que veio confundir as estações e precipitar ainda mais as catástrofes. Na continuidade da relação paradoxal entre a ciência convencional e a Eterna Ciência dos Sábios, os cientistas têm dito que os ciclones e as mudanças no clima são por causa do fenômeno "El Niño". O V.M. Rabolú, em seu livro "Hercólubus e o Planeta Vermelho," afirma, por sua vez, que é devido o contato do fogo da terra com a água do oceano, em consequência dos ensaios atômicos. Nostradamus descreveu acerca de Hercólubus, numa carta a Henrique II, dizendo que "Após um eclipse do sol, sucederá o mais obscuro e TENEBROSO VERÃO que jamais existiu desde a criação até a paixão e morte de Jesus Cristo e desde aí até esse dia” - isto será no mês de outubro, “quando se produzirá uma grande translação, de tal modo que acreditarão ter a Terra ficado fora de sua órbita e mergulhada nas trevas exteriores." A partir de 1999 até 2015, muitas catástrofes já ocorreram, já estamos sobre elas, ao considerar que elas estão acontecendo de forma gradual. Daqui para frente, somado a tudo isto, ainda teremos as guerras nucleares, com explosões nucleares que também serão gradativas, além da maldade e da violência humana que se elevará a grau insuportável.


O LIVRINHO HERCÓLUBUS

“Este livro escrevi-o com muito sacrifício, deitado numa cama sem me poder pôr de pé nem me poder sentar;

mas vendo a necessidade que há de dar aviso à Humanidade sobre o cataclismo que vem, fiz um grande esforço.

Esta mensagem dedico-a à Humanidade, como último recurso, porque não há mais nada a fazer” - V. M. Rabolú.

OBS: O livrinho Hercólubus é distribuído em outro site pela internet.


     O V. M. Rabolú escreveu um livrinho acerca do tema, onde ele transmite-nos informações especificas acerca de que precisamos fazer em prol de nós mesmos nestes últimos tempos. O V.M. Rabolú foi encarregado pelo V.M. Samael para legislar sobre o Movimento Gnóstico. Revestido de sua autoridade, como tribunal do carma, ele encerrou as Ordens do Movimento Gnóstico, aqui na Terra, nesta dispensação. Portanto, perante a Justiça Divina, já não há mais nem Velha, nem Nova e nem nenhuma Ordem Gnóstica legal e institucionalmente estabelecida, credenciada para movimentar a gnose entre as pessoas, no mundo inteiro. Mas antes de decretar Movimento Gnóstico como pseudo-esotérico, no finalzinho dos anos 90, o V.M. Rabolú lutou muito para qualificar o estudantado gnóstico, dando-lhes tarefas e provas. Apesar da sua incansável luta não houve quase frutos. Então decretou a colheita como sendo vazia, fechou as portas ao público interno ao movimento gnóstico e dirigiu ao público externo, por meio do livro Hercólubus. Neste livro ele transmite as suas últimas orientações aos estudantes, que realmente ainda anelam trabalhar sobre si mesmo, tanto de dentro como de fora das extintas ordens gnósticas. Isto seria mais ou menos semelhante ao trabalho de Jesus Cristo, que veio para os judeus, porém estes não o aceitaram, então ele foi para os gentios, por meio de seus discípulos e na mescla de gentios com judeus sua obra se fortaleceu. 

     No livro Hercólubus o V.M. Rabolú enfatiza a colheita vazia, descreve a vida extraterrestre, fala sobre a vinda do planeta Hercólubus, sobre o fim do mundo e dá as últimas instruções sobre tudo que devemos fazer para nos qualificarmos para o resgate. Para qualificarmos para o resgate ele ressalta que temos que fazer duas coisas fundamentais: desdobramento astral e a morte mística dos detalhes do ego. Portanto a esperança ainda não morreu, para todos aqueles estudantes de todas as ordens gnósticas, tanto do passado, como do presente e o do futuro, que anelam trabalhar seriamente sobre si mesmo, com estas chaves que nos deu o VM. Rabolú. 

     O Livro Hercólubus foi edita pela primeira vez no ano de 1998. Ele foi classificado como de caráter científico ou cultural, segundo a resolução 064 emitida pelo Ministério da Cultura da Colômbia. Este livro, escrito pelo autor colombiano V.M. Rabolú, já foi lido por milhares de pessoas em todas as latitudes. O conteúdo do livro Hercólubus nos leva a tomarmos consciência do que realmente é importante a esta altura, aqui na terra. Para começarmos a preocupar mais com as coisas que realmente são importantes e aproveitar melhor e valorizar mais a vida”. Ao praticarmos o conteúdo do livro aprendemos o valor do respeito mútuo para com as demais pessoas e para com nosso maravilhoso planeta. Talvez seja tarde para evitar a contaminação ou negligência de outros homens, porém nunca é tarde para aprender nem tampouco para mudar”. 

     Testemunhamos que o V.M. Rabolú (1926-2000) dedicou sua vida à ajuda desinteressada para toda a humanidade. Em 1998, a 2 anos de partir deste mundo, ao escrever esta Obra, nos deixou as seguintes palavras: "Escrevi este livro com muito sacrifício, prostrado em uma cama sem poder me levantar nem sentar, porém, vendo a necessidade que há de avisar à Humanidade sobre o cataclismo que vem, fiz um grande esforço. Dedico esta mensagem à Humanidade, como último recurso, porque não há mais nada a fazer" - V. M. Rabolú.

     Sobre o Planeta Hercólubus o V. M. Rabolú, em 1998, escreveu um extraordinário livro, denominado, “Hercólubus ou Planeta Vermelho”. O livro Hercólubus é a síntese da Real Doutrina Gnóstica Samaelina, escrita pelo V.M. Rabolú, num último esforço de levar as informações, de modo sintetizado, para as últimas sementes desta dispensarão, que ainda poderão nascer crescer e dar frutos de última hora, para a colheita final. No seu livro Hercólubus o V.M. Rabolú, pela misericórdia divina, escreve este último livro autorizado pela Loja Branca, inserindo nele um conteúdo sintético e objetivo, extremamente revolucionário, que representa uma última esperança para aqueles estudantes gnósticos revolucionários de se libertarem das leis mecânicas da Roda do Samsara. O conteúdo da doutrina Gnóstica Ressintentizada inserida no livro Hercólubus do V.M. Rabolú traz as informações acerca das práticas necessárias para que o estudante gnóstico revolucionário possa trabalhar diligentemente sobre si mesmo, nestes últimos tempos que nos restam, e se qualificar para o Êxodo, para a Ilha Sagrada e Secreta do Pacífico. 

     No estudo etimológico do termo Hercólubus, pode-se encontrar que esta palavra vem do termo "Hercóbulum" (“herkos”, um prefixo da língua grega que significa muralha, barreira; e "bulum", um sufixo instrumental da língua latina que significa mandíbula, instrumento para alimentação). No decurso do tempo a palavra Hercóbulum mudou-se para Hercólubus. Apesar do assunto sobre Hercólubus ter ganhado notabilidade mundial, a partir do livro “Hercólubus ou Planeta Vermelho” do V.M. Rabolú, ele já tinha chegado ao Brasil, a partir da segunda metade do século XX, por meio do contador, advogado e médium brasileiro Hercílio Maes (1913-1993), de Curitiba, Paraná. O astrônomo chileno Carlos Muñoz Ferrada, em 1940 desenvolveu uma técnica a que ele chamou de geodinâmica, através da qual, previu que a partir de agosto de 1999, um gigantesco planeta seria visível na Terra a olho nu, causando uma catástrofe mundial. O brasileiro e paramilitar Aladino Felix (Pseudônimo "Dino Kraspedón"), 1905- 2004, em 1959, em seu livro "Contatos com os Discos Voadores", apontou a vinda do planeta conhecido como Hercólubus. O V.M. Samael Aun Weor1917-1977, em seus textos, livros e vídeo descrevem minuciosamente o planeta Hercólubus, enunciando como mensageiro de inúmeras catástrofes. O ufólogo peruano Joseph Rosciano ("Yosip Ibrahim"), em 1970, em seu livro "Eu visitei Ganímedes", também falou sobre Hercólubus.

     O V. M. Rabolú, 1926-2000, em 1998 é quem cunha definitivamente o planeta Hercólubus, onde ressintetiza a Real Doutrina Gnóstica Samaliana em seu livro "Hercólubus ou Planeta Vermelho”. A maioria dos estudantes novatos de Gnose acha que o V.M. Rabolú é o pioneiro do assunto na literatura esotérica. Isto também está explicitado em inúmeros sites que versam sobre o assunto. É um erro atribuir ao V.M. Rabolú a originalidade da ideia, o pioneirismo sobre Hercólubus. A verdade é que Hercólubus foi citado por muita gente antes do V.M. Rabolú publicar seu livro sobre Hercólubus. A novidade nesse extraordinário livro do V.M. Rabolú não é planeta Hercólubus e sim a ressintetização da Real Doutrina Gnóstica Samaeliana. Há muitas discussões entre os adeptos do paradigma científico e os adeptos da abordagem esotérica em torno da verdade sobre o planeta Hercólubus. Os defensores da ciência convencional alegam que não evidências científicas sobre a existência do planeta Hercólubus. Por sua vez os esotéricos dizem a ciência oficial é inepta para tratar de Hercólubus. Holisticamente falando podemos dizer que as duas partes são complementares, que muitas vezes falta numa o que tem de sobra na outra. A verdade é que a ciência convencional, até hoje, não conseguiu explicar a maioria dos fenômenos. Exatamente por estar calcada no conhecimento da geometria tridimensional de Euclides. E para explicar a existência de Hercólubus e da maioria dos acontecimentos do Universo, é preciso de uma Ciência Quântica, de uma física substantivada numa geometria quadridimensional, para adentras a quarta coordenada, onde os veneráveis mestres da Loja Branca sempre tiveram acesso. 

     No livro Hercólubus, na Síntese da Síntese Gnóstica, está a esperança de uma nova perspectiva de resgate, para a Ilha Sagrada, e para os solteiros também. Porque todos nós acreditávamos, como estava descrito nos livros da Doutrina Gnóstica Valorizada, que estaria qualificado para participar do Êxodo para Ilha, quem tivesse pelo menos uns 50% de consciência desperta. O que certamente iria nos colocar fora desta 3ª possibilidade de salvação da nossa alma. Entretanto o V.M. Rabolú deixa claro em sua Doutrina da Síntese da Síntese Gnóstica, que estará a caminho da Ilha todo estudante de gnose que esteja trabalhando concreta e definitivamente com a morte em marcha e com o desdobramento astral, independentemente do percentual de consciência que tenha despertado, até o momento do resgate. Portanto está aberta a possibilidade de obtenção do passaporte para a Ilha a todos aqueles estudantes gnósticos que tenham decidido pela morte de si mesmo em definitivo. 

     O livro Hercólubus do V.M. Rabolú é o último livro advindo de um Pontífice autorizado pela Loja Branca. Nele está contida a chave de encerramento de mestrado gnóstico, na Quinta Raça-Raiz. Donde não haverá mais tempo para configuração de Iniciações de Mistérios Maiores até o momento de ida para a Ilha. Se Houvesse tempo disponível não haveria necessidade da existência da Ilha Sagrada, nem de Resgate e nem do livro Hercólubus para alertar-nos. A doutrina jesuscristiana fora desenvolvia para os judeus (iniciados da época), porém estes a rejeitaram. Então Jesus Cristo a autorizou para os humildes (os não iniciados da época). Da mesma forma o conhecimento gnóstico dos pontificados (dos que gozaram das presenças físicas dos V.Ms. Samael e Rabolú) migrou-se através do livro Hercólubus para os privilegiados (os que conheceram a gnose de 2000 para cá). Os pontificados, além de terem gozado das presenças físicas dos V. Ms. Samael e Rabolú, ainda tiveram todo o tempo necessário para se emanciparem. Os privilegiados, além de não contarem com as presenças físicas dos V. Ms. Mestres Samael e Rabolú, não possuem muito tempo mais para realização da obra iniciática. Razão pela qual estão recebendo o conhecimento da real doutrina gnóstica samaeliana na forma ressintetizada e revalorizada. 

     Neste livro Hercólubus, o V.M. Rabolú relata, de forma simples e objetiva, as transformações na superfície da Terra, agora no fim dos tempos, onde já estamos vivendo os primeiros acontecimentos apocalípticos evidentes: alterações climáticas, degelo das calotas polares, terremotos, maremotos, catástrofes e epidemias desconhecidas, violências. Eis que já chegou começo do fim dos tempos ou o final do mundo anunciado pelo apocalipse de São João. O livro "Hercólubus ou Planeta Vermelho”, escrito pelo V. M. Rabolú, traz-nos informações inusitadas a respeito do planeta Terra. Nele o V.M. Rabolú nos apresenta uma alarmante visão sobre o futuro da humanidade, onde se fecham as cortinas do espetáculo da vida sobre a Terra, por um lado; mas oferece também uma esperança, por outro lado, para os resgatáveis, onde sobreviverá representativamente a espécie pensante da Terra através dos assinalados. Neste sentido o livro fala da mecânica celeste do cosmo, enfatiza os extraterrestres, a vida em outros planetas, as naves interplanetárias, o desdobramento astral e a morte dos defeitos. 

     Tanto pelos escritos do V.M. Samael sobre Hercólubus, quanto pelo livro Hercólubus do V.M. Rabolú, Hercólubus é um planeta higienizador, um gigante que vem se aproximando da Terra cada vez mais. Na Bíblia, ele já fora citado com o nome de "Absinto" (amargura), também conhecido com o nome de "O Grande Rei da Terra", por Nostradamus. Os antigos Maias chamavam de "Estrela Ball". Os espíritas os chamam de “Chupão” Tudo que está prenunciado no livro Hercólubus, como afirma o seu próprio autor, infelizmente, é uma profecia que se cumprirá em curto prazo, porque a ele consta o final do planeta, onde ele nos ressalta que não é um "mete-medos", mas apenas um ser humano que está advertindo o que vem e o que vai acontecer. O livro Hercólubus, como todos os demais livros do V.M. Rabolú, foi escrito em uma linguagem muito clara e sucinta, para que todos entendam a necessidade que há de se prevenir. 

     O livro "Hercólubus ou Planeta Vermelho" está nas mãos dos leitores em muitos países. O seu autor Joaquim Henrique Amortegui Valbuena, o verdadeiro nome de V. M. Rabolú, nasceu em 1926, na Colômbia, e é de uma família muito simples. No livro Hercólubus o V.M Rabolú enfatiza que não haverá mais mestres, não haverá mais nada que se possa fazer pela humanidade, em termos da salvação coletiva, pois os mestres já fizeram tudo o que podia ser feito, ao longo da existência da humanidade nesta dispensação. Para preservar a sua obra na íntegra foi que o V.M. Rabolú buscou produção, distribuição e difusão do livro Hercólubus, por meios convencionais, com amparo legal aos seus direitos autorais.

     O V.M. Rabolú também, nos seus ensinamentos, nunca fixou uma data para a aparição de Hercólubus. Ele enfatiza que o final desta humanidade, será gradual, lenta e amarga. Ele diz que isto tudo que vai acontecer em curto prazo, que já estamos sobre os tempos do fim e que não há mais nada a fazer. Para tanto O V.M. Rabolú deixou seu livro “Hercólubus ou Planeta Vermelho”, para toda a humanidade, como uma tábua de salvação. Neste livrinho estão às últimas orientações do V.M. Rabolú para que as pessoas trabalhem sobre a dissolução do ego, sobre o despertar da consciência através do desdobramento astral objetivo e, assim, poder-se comprovar a realidade dos fatos.


 Faça parte de nosso curso gratuito pela internet na TV WEBSAW e descubra mais sobre o tema! Acesse nossa programação - Clique aqui.


 

VÍDEOS AFINS